10 de fev de 2009

Não descobrir que não vivi

“Vida louca, vida breve”

A cada minuto, ela tem que ser muito bem aproveitada, daqui há alguns dias, aquele chocolate que você não comeu por medo de engordar 200 gramas, pode não vai fazer diferença alguma! Aquela pessoa que você deixou de ligar, sim! A tintura do cabelo para acompanhar a moda não! Uma viagem que você deixou de fazer para guardar dinheiro, sim...

É simples: Agora aqui, daqui há 5 minutos, sei lá... Cruel e Real!

Posso as vezes até fazer papel de “boba” demonstrando o tanto que gosto de algumas pessoas, o tanto que quero me aproximar delas, mesmo adorando o “naturalmente” das coisas! Não vale a pena disfarçar, a vida é hoje, e só! É o que sabemos!

"e para, quando morrer, não descobrir que não vivi." (citação em homenagem a Dani que me apresentou o filme Sociedade dos Poetas Mortos!)

E post em homenagem a tia de uma amiga que descansou hoje, e que mesmo sendo amiga da sobrinha dela, ela sempre me tratou como se fosse a tal...

“Tia Cida”

Nenhum comentário:

BlogBlogs.Com.Br